Reflexão Marcos Castro #4

É a passividade INÓCUA, PERIGOSA E CONTAGIOSA

Marcos Castro

Por Redação GSNews

17/04/2021 às 10:20:32 - Atualizado há

A minha intenção construtiva deste artigo é analisar com vocês a empatia e a consequência nela das redes sociais; e como tornou-se comum, por conta delas - das redes sociais – uma tendência ao conforto, à passividade e à falta de atitudes concretas!

De modo algum é uma crítica!

NÃO!

É um alerta ao que somos induzidos!

O que é afinal a tal EMPATIA?

É um substantivo feminino (não à toa, pois a mulheres são muito, muito mais empáticas) que diz respeito a uma identificação da pessoa com outra ou outras; fazendo com que a pessoa que tem esta virtude da empatia venha, através de suas próprias sensações e entendimento, se colocar no lugar do outro para compreendê-lo e ajuda-lo!

Bom, e daí?

O fato é que, de nada adianta a empatia, se ela - a empatia - ATRAVÉS DE ATITUDES CONCRETAS, sejam quais forem, não puder, efetivamente, ajudar o outro!

É A ISTO QUE ESTOU ME REFERINDO!

A PASSIVIDADE É INÓCUA; OU SEJA, HÁ A EMPATIA, MAS SEM AÇÕES CONCRETAS DE APOIO, COMPREENSÃO, AJUDA EFETIVA AO OUTRO (Ou a uma comunidade) AO QUAL, NO LUGAR, NOS COLOCAMOS!

De modo bem resumido o que tenho percebido, em especial nestes tempos de COVID, nas redes sociais (onde as pessoas se manifestam muito), é exatamente isto: muita gente, lotada de boas intenções, bondade, compaixão e empatia, mas sem atitudes concretas (sei, perfeitamente que cada um tem seu jeito, e deve-se ter compreensão); portanto, acaba ocorrendo a perigosa e contagiosa passividade involuntária e inócua!

Explico!

Nos 5.570 municípios do Brasil, sem dúvida, de algum modo, diariamente se expõe o tal "Boletim COVID"!

É o momento onde as pessoas, bondosas e com toda boa intenção, se manifestam (nas redes sociais) em empatia, compaixão e solidariedade!

O que alerto aqui é que estas manifestações, muitas de súplicas a Deus (E é preciso, na minha crença, isto ocorrer; respeitando todas!), PRECISAM TAMBÉM SE TRANSFORMAR EM ATITUDES CONCRETAS DE QUEM ASSIM PUDER E DESEJAR!

Esta histeria de lamentações do tipo "Ctrl C - Ctrl V", "no automático", confortam, talvez, alguns corações sim, em especial de quem as coloca em publicações.

MAS, INFELIZMENTE, NADA TRAZEM DE CONCRETO, EFTIVAMENTE, para ajudar a comunidade!


Entendo e defendo que cada um PRECISA TER UMA POSIÇÃO DEFINIDA, seja qual for, "mostrar a cara", não ter medo ou interesses outros (que não têm coragem de expor), defender o que acredita, não se ater a regras ou imposições de quem quer que seja!

TER ATITUDE CONCRETA!

Já que se tocou aqui em questões de crenças (com total respeito a todas), vejamos.

Por SETE VEZES JESUS AGIU, TEVE ATITUDE E CUROU AOS SÁBADOS (por "lei" e "regras" da época não se podia AGIR nem CURAR aos sábados). MAS, ERA PROIBIDO!

Desta forma, penso e rogo, que quem puder e quiser, além das necessárias e compreensíveis súplicas e orações, a exemplo do FILHO DE DEUS, TAMBÉM TENHAM ATIITUDES EFETIVAS E CONCRETAS DE EMPATIA; E LUTEM DELARADAMENTE EM FAVOR DO QUE ACREDITAM!

ESTAMOS NO MOMENTO, ABSOLUTAMENTE NÍTIDO, DE CEIFAR!

"Jesus lhes propôs a seguinte parábola: o reino dos céus é semelhante a um homem que semeou boa semente no seu campo. Mas enquanto os homens dormiam, veio um inimigo dele, semeou joio no meio do trigo e retirou-se. Porém quando a erva cresceu e deu fruto, então apareceu também o joio. Chegando os servos do dono do campo, disseram-lhe: Senhor, não semeaste boa semente no teu campo? Pois donde vem o joio? Respondeu-lhes: o homem inimigo é quem fez isso. Os servos continuaram: Queres, então, que vamos arrancá-lo? Não, respondeu Ele, para que não suceda que, tirando o joio, arranqueis juntamente com ele também o trigo. Deixai crescer ambos juntos até a ceifa; e no tempo da ceifa direi aos ceifeiros: Ajuntai primeiro o joio e atai-o em feixes para o queimar, mas recolhei o trigo no meu celeiro" (Mateus 13:24-30).

Abração!

Deus os abençoe!

Marcos Castro

Professor - Psicanalista - Pesquisador - Escritor.

- Instagram: @marcos_castro_castro

- Facebook: https://www.facebook.com/marcoscastro.castro.946/

Reflexões Marcos Castro

© 2021 Reflexões Marcos Castro - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Reflexões Marcos Castro