Entretenimento TV

Menino pede ajuda à PM para ver o pai no aniversário, e recebe surpresa com desfecho emocionante: "Só queria que ele fosse"; assista!

Por Redação GSNews

22/04/2021 às 16:59:26 - Atualizado há

O “Balanço Geral” relatou uma história emocionante nesta quinta-feira (22). Na cidade de Varginha (MG), a Polícia Militar recebeu um chamado um tanto inusitado do pequeno Caio, de 9 anos, que queria a ajuda em uma ocorrência bastante importante: a saudade de seu pai no seu aniversário. Por fim, o garoto foi surpreendido da melhor maneira possível, com um desfecho de aquecer o coração.

Tudo começou quando Caio discou o 190, tentando resolver o problema que estava lhe afligindo. “Vocês podiam mandar uma viatura lá no [bairro] Patrimônio? É porque meu pai, meu aniversário é amanhã, aí ele tá falando que não vai vir aqui pra mim ver, falando que não vai vir pra me dar parabéns”, pediu ele. O cabo Andrade foi quem recebeu a ligação e ficou surpreso ao ouvir o pedido do menino. Enquanto o garoto parecia chorar do outro lado da linha, o policial tentou entender melhor a história.

O cabo Andrade ficou surpreso ao receber o chamado de Caio, de 9 anos. (Foto: Reprodução/Record TV)

Após questionar o nome da criança, o PM perguntou: “Cê mora aonde, Caio?”. “Santana”, respondeu o menino, que logo depois explicou que fazia nove anos no dia seguinte. “É amanhã o seu aniversário? Fica tranquilo. Às vezes ele não vai te dar presente, mas alguém te dá, entendeu? Você pediu algum presente? O que você pediu de presente?”, prosseguiu Andrade. “Não, não pedi nada, não”, contou Caio, quando o cabo entendeu o desejo da criança. “Você só queria que ele fosse te ver”, concluiu o policial. “Aham”, concordou o garoto.

[anuncio]

De acordo com a mãe de Caio, o aniversariante ficou triste ao descobrir que seu pai não teria como vê-lo no dia tão especial, e saiu correndo para ligar à polícia através de um orelhão. “Ele foi e ligou pra polícia, achando que a polícia indo lá, o pai dele ia falar assim: ‘Não, vou ter que ir [no aniversário], porque a polícia esteve na minha porta'”, contou Flaviane do Carmo.

Nota: Há uma pesquisa incorporado dentro deste post, por favor visite o site para participar na enquete deste post.

O cabo Andrade ficou bastante emocionado com o caso e não conteve as lágrimas. Por isso, ele e outros oito policiais que estavam trabalhando no dia resolveram ajudar Caio de alguma forma. “Foi na parte da manhã, de tarde, mais ou menos, os policiais caçaram ele aqui no Santana inteiro, porque ele só falou que era o Caio do Santana”, explicou Flaviane, sobre como tentaram descobrir a identidade do pequeno.

Após recorrer à Polícia Militar, o menino Caio recebeu presentes e também conseguiu a visita de seu pai. (Foto: Reprodução/Record TV)

[anuncio]

Por fim, os PMs fizeram uma vaquinha, compraram uma série de presentes para Caio e chegaram de surpresa em sua casa, com direito a bolo, guaraná, “parabéns” e tudo mais. Além de tudo isso, eles também conseguiram o melhor mimo que o menino poderia receber: a presença de seu pai e o aguardado abraço naquele momento tão importante.

Assista ao vídeo na íntegra:

Segundo Flaviane, ela foi casado com Eduardo, o pai de Caio e seus outros filhos, por 22 anos, mas o casamento chegou ao fim há cinco anos. Ela contou que eles perderam um pouco o contato nos últimos dois anos. Contudo, o garoto nunca esqueceu seu amor pela figura paterna. Com esse desfecho emocionante e quase inesperado, Caio passou a dizer que quer ser policial também, para ajudar outras pessoas.

Que fofura, gente! Certamente, esse aniversário de Caio foi um tanto especial…

Comunicar erro

Comentários Comunicar erro

GS News

© 2021 GS News - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GS News