Polícia Sul de Minas

Mãe de suspeito de matar mulher, carbonizar e enterrar corpo é presa em Passa Quatro, MG

Por Redação GSNews

23/03/2021 às 22:53:10 - Atualizado h√°

Reprodução/EPTV

A Pol√≠cia Civil prendeu nesta ter√ßa-feira (23) a m√£e do suspeito de matar Stefania Monteiro, queimar o corpo dela e enterrar. De acordo com a pol√≠cia, ela, que também é suspeita de participa√ß√£o, tinha mandado de pris√£o expedido e se apresentou ao delegado em Passa Quatro (MG).

Segundo o delegado Bruno Cunha, a mulher de 60 anos confessou que o corpo da vítima foi carbonizado no quintal da casa dela. Ainda de acordo com o delegado, ela colaborou com a movimentação de um latão utilizado no crime.

Além dela, o ex-companheiro da v√≠tima e o pai dele também est√£o presos. De acordo com a Pol√≠cia Civil, um quarto suspeito, que auxiliou na reconstitui√ß√£o do momento em que o corpo foi carbonizado e ocultado em uma estrada rural, também est√° detido.

"Ela é m√£e do suspeito pelo homic√≠dio, que j√° havia sido preso junto com o pai no in√≠cio do m√™s de mar√ßo. O crime, além de violento e cruel pelas agress√Ķes sofridas pela v√≠tima, também tem detalhes sórdidos e contou com a participa√ß√£o da fam√≠lia do ex-companheiro, além de outro investigado que j√° est√° preso. Cada envolvido, na medida com a participa√ß√£o no crime, ser√° devidamente indiciado ao final do inquérito", disse o delegado Bruno Cunha.

Corpo de mulher morta, carbonizada e enterrada é encontrado em S√£o Sebasti√£o do Rio Verde, MG

Polícia Civil

Investiga√ß√Ķes e pris√Ķes de pai e filho

No fim de dezembro de 2020, a fam√≠lia de Stef√Ęnia registrou o desaparecimento dela, após ela n√£o atender o telefone por v√°rios dias e n√£o aparecer durante as festividades de Natal para visitar o filho em Aparecida (SP). De acordo com a investiga√ß√£o, a v√≠tima n√£o dava not√≠cias desde novembro.

A partir da√≠, a pol√≠cia explica que v√°rios procedimentos e oitivas foram realizados e, apesar de também manter uma rela√ß√£o est√°vel com outra mulher, o principal suspeito mantinha um relacionamento com a v√≠tima, constante e p√ļblico. Com isso foram colhidos depoimentos dele e de testemunhas que os conheciam, além da outra mulher com quem o investigado se relacionava.

Com os dados, a equipe da Delegacia de Passa Quatro chegou ao entendimento sobre os suspeitos e foi realizado pedido dos mandados de prisão de pai e filho. Renato Franca Silva, de 30 anos, foi preso no início de março enquanto visitava um filho em Osasco (SP). O pai de Renato foi detido em Itanhandu, suspeito de ter ajudado a esconder o crime.

O corpo de Stef√Ęnia Monteiro foi encontrado na noite do mesmo dia em que Renato Franca Silva foi preso. Os investigadores da Pol√≠cia Civil localizaram o corpo por volta de 19h45 em uma estrada rural próxima a S√£o Sebasti√£o do Rio Verde (MG).

A perícia realizada no corpo da vítima apontou que a mulher de 37 anos foi espancada antes de morrer. O resultado da necropsia foi divulgado no dia 6 de março pela Polícia Civil. Segundo resultado da perícia, vítima foi espancada antes de morrer, uma vez que o cadáver apresentava sinais de politraumatismo.
Fonte: G1 Sul de Minas
Comunicar erro
GS News

© 2021 GS News - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GS News