Manchetes Leste Paulista

Covid: Campinas fecha 239 locais e lacra 67 desde início de toque de recolher e barreiras sanitárias

Por Redação GSNews

05/04/2021 às 12:46:09 - Atualizado há

Reprodução/EPTV

Desde o início do toque de recolher para conter o avanço da pandemia da Covid-19 em 18 de março, Campinas (SP) fechou 239 estabelecimentos e lacrou outros 67 que desrespeitaram as regras da fase emergencial do Plano São Paulo. O balanço completo das ações para conter aglomerações e o avanço da Covid-19 foi divulgado pela prefeitura nesta segunda-feira (5).

No dia 26 do mesmo mês começaram as barreiras sanitárias, dando força às medidas de restrição de circulação na metrópole. Até este domingo (4), foram 18 dias com reforço de policiamento e de agentes de órgãos fiscalizadores nas ruas.

Muitos moradores continuam cometendo abusos, como o que resultou na lacração de uma adega neste fim de semana. A Guarda Municipal precisou dispersar 800 pessoas.

Campinas publica decreto com novas restrições para comércios essenciais e criação de barreiras sanitárias; veja as regras

Metrópole proíbe consumo de bebida alcoólica em praças e locais públicos

Até o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde do município, 81.941 moradores foram infectados por coronavírus desde o início da pandemia, sendo que 2.428 morreram.

Números da fiscalização

As ações nos 18 dias resultaram na abordagem de 9.132 veículos e 10.261 pessoas. Ao todo, 1.314 estabelecimentos foram vistoriados, segundo informações da Secretaria de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública.

Durante o feriadão de Páscoa, de sexta (2) a domingo (4), 1.815 veículos foram abordados, 1.438 pessoas foram orientadas e 164 estabelecimentos foram fiscalizados, sendo que 11 acabaram fechados. Treze veículos também foram recolhidos.

Veja o balanço completo na tabela abaixo:

As ações envolveram Guarda Municipal, Setec, Secretaria de Planejamento e Urbanismo, Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) e Emdec.

"Durante as barreiras, os veículos são abordados e os ocupantes questionados sobre o motivo pelo qual estão na rua. As pessoas são orientadas a voltar para casa se estiverem na rua por uma razão que não seja emergencial. Não há multa ou punição", informou a prefeitura.

Veja as regras da fase emergencial e do toque de recolher

Proibido o consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos, como vias e praças, 24 horas por dia.

Serviços de alimentação (padarias, supermercados, lojas de conveniência): devem encerrar as atividades presenciais às 20h - acesso de apenas uma pessoa por família.

Serviços de drive-thru (apenas para alimentação): encerrar às 20h.

Delivery só pode ser feito dentro do horário de funcionamento estabelecido em alvará.

Proibida a retirada na porta dos estabelecimentos.

Lojas de materiais de construção não podem atender presencialmente.

Celebrações religiosas coletivas proibidas, mas recepção pode ser individual.

Multa de 800 UFICs (R$ 3,5 mil) para responsáveis por festas clandestinas ou reuniões familiares com mais de 10 pessoas.

Lacração imediata e multa de 800 UFICs (R$ 3,5 mil) para estabelecimentos flagrados funcionando em desacordo com as regras do município.

Condução do responsável pela organização da festa clandestina, da reunião familiar ou estabelecimento flagrado em desacordo até a delegacia de Polícia Civil, para registro de termo circunstanciado de ocorrência com base no artigo 268 do Código Penal (descumprimento de medida sanitária).

Abordagem de pessoas circulando após as 20h, educativa, com orientação para retorno ao domicílio.

Bloqueios em pontos estratégicos por ação integrada da Guarda Municipal e polícias Militar e Civil.

Uso do sistema de câmeras e leitores de placas para identificar aglomerações de veículos.

Proibição do uso de praias e parques.

Proibição de atividades esportivas.

Proibição de qualquer aglomeração.

Obrigação do uso de máscara em todos os ambientes, internos e externos.

Teletrabalho é obrigatório para atividades administrativas não essenciais.

VÍDEOS: veja o que é destaque na região de Campinas

Veja mais notícias da região no G1 Campinas
Fonte: G1 Campinas e Região
Comunicar erro

Comentários Comunicar erro

GS News

© 2021 GS News - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GS News