Prefeitura flexibiliza setores do comércio durante a onda roxa em Ingaí, MG

Por Redação GSNews em 06/04/2021 às 22:55:15

O documento, assinado pelo prefeito Giulliano Ribeiro Pinto, possui data de 31 de março, mas foi divulgado pela administração municipal na tarde desta terça-feira. Conforme o decreto, as flexibilizações vão ficar em vigor enquanto a microrregião de Lavras estiver na fase mais restritiva do plano estadual.

Em relação às academias, o decreto aponta que elas podem funcionar das 6h às 19h30, com apenas cinco pessoas (exceto o instrutor) em cada hora de funcionamento. Salões de beleza, centros de estética e barbearias podem reabrir das 8h às 18h com agendamento prévio.

O documento também flexibiliza o funcionamento de lojas em geral. O horário de abertura é das 7h às 18h, sendo que o atendimento pode ser feito com barreira na porta ou dentro do estabelecimento, mas com duas pessoas a cada cinco metros quadrados.

Trailers, lanchonetes, restaurantes, pizzarias, bares, sorveterias, choperias e cervejarias podem funcionar com entrega até 22h e retirada no balcão até as 19h30. Padarias estão liberadas das 5h às 19h30, com barreiras na porta ou duas pessoas a cada cinco metros quadrados.

Os supermercados, farmácias, mercearias, açougues, hortifrutigranjeiros e as distribuidoras de água mineral e alimentos podem abrir das 8h às 19h30, com barreiras na porta ou duas pessoas a cada cinco metros quadrados.

O decreto mantém a proibição de reuniões de pessoas, mesmo que em espaços particulares; reuniões particulares em residências, com pessoas que não morem no local; a entrada de pessoa nas praças públicas municipais; e a visitação a pontos turísticos como Gruta Nossa Senhora da Piedade, Gruta Nossa Senhora Aparecida, Poço da Serra, entre outros.

O documento completo com as flexibilizações e restrições está disponível no site oficial da prefeitura.

Covid-19 em Ingaí

Conforme boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura, Ingaí contabiliza 63 contaminações pela Covid-19, sendo três mortes em decorrência da doença. A cidade ficou 61 dias sem nenhuma infecção, até registrar dois novos casos positivos na segunda-feira (5).

VÍDEOS: Veja tudo sobre o Sul de Minas

Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas

Fonte: G1 Sul de Minas

Comunicar erro

Comentários

Anuncie aqui